Por que morremos de sono depois do almoço?

09:28 | da Redação

Você almoça, continua sentado à mesa por mais alguns instantes, termina de ver o jornal e, de repente, parece que está sob o efeito de um vidro inteiro de calmantes. O sono domina o seu corpo e parece ser um mestre ao qual você precisa obedecer. Essa descrição parece familiar? Por que, afinal, sentimos tanto sono depois do almoço? Qual é a relação entre almoçar e ter vontade de dormir?

A boa notícia é que essas perguntas têm respostas. Antes de tudo, acalme-se: é absolutamente normal se sentir sonolento depois do almoço. Saiba de uma coisa: essa sonolência toda não tem nada a ver com a quantidade de comida ingerida ou com a concentração de sangue necessária para fazer digestão, como muita gente pensa. Se fosse esse o caso, você se sentiria da mesma maneira após tomar um grande café da manhã, certo?

Essa sensação quase mortal de sono acontece mais na hora do almoço porque nosso corpo já começa a se preparar para dormir. Dois fatores contribuem para isso: a homeostática, que é o desejo de dormir quando se tem sono acumulado; e o ritmo do nosso relógio biológico, que controla processos ligados à temperatura corporal, pressão arterial e, claro, ao sono.

Outros fatores podem ter relação com a sensação de sonolência depois do almoço. Entre eles está a apneia obstrutiva e outros distúrbios de sono, além, é claro, de longos períodos sem dormir.

A dica para aqueles que sofrem muito é o bom e velho cafezinho, que garante alguma energia extra. Quem tiver a possibilidade de tirar um cochilo curto de no máximo 20 minutos verá que o cansaço vai passar mais facilmente. Não custa tentar.

Fonte: Megacurioso

0 comentários:

Postar um comentário