Quais as chances de uma vaca cair na cabeça de alguém?


A chance de isso ocorrer é muito remota, quase nula. Afinal, uma combinação de fatores esquisitíssima deveria acontecer para que uma vaca caísse na cabeça de alguém.

ATÉ PORQUE, NÉ!? Vamos combinar…

Assim como no filme "Um Conto Chinês", que na verdade é argentino e, como 90% dos longas argentinos é estrelado por Ricardo Darín (um cara maneiro), vamos considerar que a vaca caísse de um avião:

O número de bovinos vivos transportados por via aérea no Brasil é muito pequeno. Segundo o presidente da Associação Brasileira dos Exportadores de Gado (Abeg), Daniel Freire, em 2010, apenas 100 bovinos vivos cruzaram o céu brasileiro para exportação. Não há dados sobre quantos aviões foram usados para transportar as 100 cabeças de gado (cabem até 200 por aeronave) nem se houve um acidente com algum deles. Ou seja, em 2010, no máximo 100 aviões carregando boi levantaram voo no País.

No mesmo ano, o total de voos controlados pela Infraero foi de 2 648 449. Do montante, somente 91, ou 0,0034% deles, sofreram um acidente. Não se sabe se caiu algum animal ou objeto de dentro das aeronaves durante o voo. Para completar, além de ser remotíssima a chance de um boi cair de um avião, você tem de ter o azar de estar na mira bovina.

Certo, mas você está falando de 2010. E depois? E DEPOIS!? Rapaz, os dados mais recentes da Abeg são de 2010 e esses números se mantiveram mais ou menos parecidos depois. Então relaxe aí.

Mas suponhamos que tal acidente bizarro ocorra e uma vaca desabe no seu colo. Eis uma boa notícia, pois você será atingido por um animal de elite.

“Este tipo de transporte é usado apenas para animais de genética superior”, diz Freire. Afinal, não é qualquer boi que pega avião.
Um adendo: a chance desse desastre estatístico-aéreo-bisonho ocorrer é um pouquinho maior com búfalos, cabras ou ovinos. Em 2010, foram exportados 480 bubalinos e 120 caprinos e ovinos pelo modal aéreo, segundo a Abeg.

Fonte: Super

Nenhum comentário:

Postar um comentário