Para que servem os cornos da girafa?


Estruturas semelhantes aos chifres dos bois, os cornos, que lembram duas anteninhas, são usados pelos machos para atingir os adversários quando eles lutam entre si, trocando cabeçadas e pescoçadas. Já para as fêmeas essas estruturas não têm utilidade nos dias de hoje, uma vez que elas não se metem em brigas. "No passado remoto, os cornos estavam associados a um mecanismo de defesa: eram empregados pelas girafas para se defender de predadores. Mas, com o passar do tempo, perderam essa função. Hoje, o único predador da girafa é o leão, combatido com violentos coices", afirma a bióloga Kátia Cassaro, da Fundação Zoológico de São Paulo. Ao contrário dos chifres, que são trocados periodicamente, os cornos são para toda a vida. "Eles são um prolongamento do crânio e se quebrarem não nascem mais", diz Kátia.

Conhecidos cientificamente como ossicones, eles são formados de pedaços de ossos recobertos por pele e podem chegar a medir até 13,5 centímetros. O curioso é que, quando as girafas envelhecem, depósitos de cálcio se acumulam no alto da cabeça, dando a impressão de que ela ganhou novos cornos.

Fonte: Mundo Estranho

Nenhum comentário:

Postar um comentário