As combinações de notas musicais são finitas?


Não! É que, em vez das sete notas, devemos pensar nos sistemas musicais. "O conceito foi inventado pelo músico grego Aristóxeno de Tarento", diz Rubens Ricciardi, do Departamento de Música da USP.

Desde a Antiguidade, houve muitos sistemas musicais, mas o que nos é mais familiar é o tonal, o do dó-ré-mi. Ele é usado para quase todas as músicas que você conhece, e, sim, possibilita combinações infinitas (assim como os outros sistemas). Então, ao ouvir músicas parecidas, saiba que a culpa não é das notas, mas do compositor. Viu, Latino?

Fonte: Super

Nenhum comentário:

Postar um comentário