Canadense desenvolve creme para remover tatuagens sem dor


Muita gente tem vontade de fazer uma tatuagem, mas acha muito difícil escolher um desenho, uma vez que aquilo teoricamente vai acompanhar o indivíduo para o resto da vida. Caso bata o arrependimento, é necessário passar por processos dolorosos e se arriscar a ter uma bela cicatriz feita a laser. Essa história pode mudar em breve caso o estudante canadense Alex Falkenham consiga colocar seu creme removedor de tatuagens no mercado.

Falkenham tem 27 anos e é um doutorando da Universidade de Dalhousie no Canadá. Ele está fazendo testes com seu creme em porcos tatuados, mas ainda não passou para a fase de testes com humanos. Por isso, não é possível ter uma estimativa exata de quanto tempo será necessário usar o tal creme para se livrar daqueles desenhos malfeitos que você deixou seu amigo amador fazer na sua pele.


Como funciona

Quando você está sendo tatuado, seu corpo encara a tinta como um elemento intruso que deve ser atacado. Por isso, os macrófagos correm até a área atingida para "comer" a tinta e fazer o corpo eliminar a substância estranha. Acontece que, com o tempo, esses macrófagos “morrem afogados” na tinta e param de agir ali ou continuam o trabalho com muita lentidão. É por isso que toda tatuagem vai perdendo a cor com o tempo, mas ainda assim dura muito.

O que o creme de Falkenham faz é estimular os macrófagos ativos do corpo da pessoa tatuada a comer os macrófagos afogados em tinta. Com isso, o processo de eliminação da tatuagem retoma o ritmo original e permanece constante enquanto você utilizar o creme de forma localizada.

Sem dor

O pesquisador garante que não deve haver qualquer tipo de inflamação, dor ou cicatriz proveniente da remoção da tatuagem com seu creme, e esse produto também não será tão caro quanto a remoção a laser de tatuagens. A estimativa é de que cada aplicação para 10 cm² de pele custe algo em torno de C$ 0,45 (R$ 1,02).

A pesquisa de Falkenham ainda não está completa, e, por isso, não há uma data concreta para a estreia do creme no mercado por enquanto. Apesar disso, ele garante que o produto vai funcionar bem, especialmente em tatuagens com dois anos ou mais.

Fonte: CBC News

Nenhum comentário:

Postar um comentário