Cientistas tentam entender por que é que os mamíferos têm cílios

08:26 | da Redação

De acordo com Kelsey D. Atherton do site Popular Science, uma equipe de pesquisadores do Instituto Tecnológico da Geórgia, nos EUA, submeteu cílios postiços a alguns testes para tentar entender qual é a finalidade da presença desses pelos em mamíferos. Para isso, o time construiu um pequeno túnel de vento e conduziu experimentos com três tipos de “pestanas” diferentes.

Desempenho

Para as pestanas, os pesquisadores selecionaram cílios postiços feitos de pelos humanos, uma tela sintética e um rolinho de papel impermeável. Depois, cada uma dessas variedades foi montada sobre pequenos discos de alumínio com quatro milímetros forrados com papel absorvente — que foram preenchidos com água para simular a superfície do olho. Veja na imagem a seguir:


Então, os pesquisadores submeteram cada variedade de cílio a sessões de 10 minutos no interior do túnel de vento e, durante esse período, foram medindo o índice de evaporação no interior de cada disco.

Entre os cílios testados, os resultados apontaram que, embora a variedade feita com o rolinho de papel tenha sido a que apresentou o menor índice de evaporação, essa também foi a opção que provocaria a maior obstrução do campo de visão. Nesse aspecto, as pestanas feitas com pelos humanos foram as que tiveram o melhor desempenho no experimento.

Utilidade confirmada


Segundo Kelsey, os pesquisadores ainda realizaram testes para verificar a eficácia dos três tipos de cílios na proteção dos olhos contra a entrada de partículas de poeira, sujeira e pólen nos olhos. Para isso, os cientistas viraram os discos, recolocaram as pestanas e deixaram os fundos absorventes expostos.

Depois, cada variedade foi novamente introduzida no túnel de vento, e o time utilizou um humidificador de ar para simular a presença de partículas. Além disso, os pesquisadores fotografaram os discos antes e depois de cada sessão, e a análise dos resultados apontou que os cílios, afinal, assim como as sobrancelhas, também servem para proteger os olhos.

Os cientistas concluíram que pestanas com um terço da largura do olho podem reduzir a evaporação da superfície ocular pela metade, assim como limitar a entrada de partículas pela metade também. Os pesquisadores ainda descobriram que quanto mais longos forem os cílios, mais eficiente será a proteção — e ainda sugeriram que o uso daquelas pestanas falsas enormes poderia servir de forcinha extra na hora evitar a entrada de poeira ou o ressecamento dos olhos.

Fonte: Popular Science

0 comentários:

Postar um comentário