Mau hálito de manhã? Descubra porque você tem!


Você escova os dentes. Você usa fio dental. Você faz bochechos com algum líquido que arde e tem gosto de hortelã até sua boca doer. Você vai para a cama merecendo um prêmio no quesito higiene oral e acorda com uma gosma branca unindo seus lábios e um odor vil emanando deles. O que diabos acontece em nossas bocas enquanto dormimos?

Por que temos mau hálito?

A resposta curta é que as bactérias adoram a placa de Petri quente e molhada que você oferece a elas. Esses organismos se multiplicam e liberam compostos fedidos (cerca de 600 ou mais deles) que fazem uma bagunça em sua boca e não há muita coisa que você possa fazer a respeito desta situação.

Uma boa higiene dental é a melhor vantagem que você pode obter. Creme dental e enxaguante bucal criam um ambiente hostil para as bactérias que tentam se multiplicar com ingredientes como o xilitol, triclosan e óleos essenciais. Mas os efeitos destes ingredientes estrangeiros não dura. Com um pouco de tempo, sua boca os enxágua, preparando o terreno para o crescimento microbiano acelerado.

Tá, mas, por quê de manhã?

Ainda entra a questão: por que essa situação é muito pior à noite? Bebemos café e comemos alho, e, no entanto, é de manhã que produzimos o mau hálito em seu auge.

Isso porque há um elemento importante que desempenha um papel na criação deste cheiro horrível enquanto estamos dormindo: a saliva. Ou melhor, a falta dela. A produção de saliva diminui significativamente quando estamos cochilando. O líquido é normalmente responsável por diluir as bactérias ou transportá-las garganta abaixo, diretamente para o nosso intestino. O resultado de sua falta é que as bactérias são deixadas sozinhas para se multiplicarem por horas, o que resulta em uma concentração desproporcional de componentes produzindo o cheiro desagradável.


Nós não estamos falando apenas de alguns compostos fedorentos. Os cientistas estimam que há mais bactérias passeando em uma boca do que pessoas na Terra. E diferentes tipos colonizam diferentes áreas. Assim, uma boa escovação da língua não vai fazer muito para te livrar do material que sai por baixo dela ou que vem do céu da boca.
E isso fede. De acordo com o livro “Breath: Causes, Diagnosis, and Treatment of Oral Malodor” (Hálito: Causas, Diagnóstico e Tratamento do Mau Cheiro Oral”, em tradução livre), “os [micróbios] em decomposição resultam na produção de um odor fétido. Esta liberação de gases na boca é um processo semelhante ao que ocorre em um depósito de lixo”. Não admira que as pessoas não queiram tomar uma baforada logo cedo.

Em outras palavras, a boca passa a noite toda preparando um buquê pútrido para a manhã. Se o seu parceiro não se sente muito atraído pela sua combinação de ovo podre misturado com perfume de cadáver, a única boa notícia é que o ser humano leva de cerca de cinco minutos para se adaptar ao cheiro. Mas será que realmente queremos?

Fonte: Gizmodo

Nenhum comentário:

Postar um comentário