5 Códigos e cifras que o mundo ainda tenta decifrar


O ser humano usa código para várias coisas, seja para conversar, se comunicar de um jeito diferente, e isso se tornou uma necessidade de esconder o significado do que se está transmitindo há cerca de milhares de anos.

Confira alguns códigos e cifras que permanecem com seus segredos escondidos.

1. O código do assassino do zodíaco


Você consegue decifrar este código? Pois até mesmo a equipe do FBI não conseguiu. Trata-se de um assassino em série dos EUA. O cara enviou três cartas no ano de 1939 a jornais da Califórnia com um código sobre as mortes de suas 37 vítimas.

A polícia do FBI só conseguiu decifrar algumas e o mistério permanece intacta até hoje. O desespero em descobrir o segredo foi tamanho que as autoridades até deixaram as mensagens á disposição da população para que pudessem obter ajuda dos cidadãos.

2. As fichas de barro dos elamitas


Essa espécie de pedaço de bolacha que você está vendo na imagem não é uma bolacha realmente, trata-se de um código que permanece com segredo não revelado até hoje. Trata-se de uma ficha de barro moldada em uma forma pelos pelos povos elamitas em 3300 aC.

Os elemitas usavam esse tipo de linguagem em barro com forma de representação de serviços e alguns produtos. Historiadores acreditam que o código se referia a algum sistema de contabilidade, além de ser uma evidência histórica sobre a mais antiga prova de um possível sistema numérico.

3. O código do disco de Phaistos


Esse disco com códigos difíceis de serem decifrados foram descobertos em 1903 em Creta e é a inscrição hieroglífica que não é feita em papiro e sim discos de argila. O disco possui quarenta e cinco sinais diferentes e distintos e alinhados na vertical.

Especialistas acreditam que eles podem representar uma palavra, lista de soldados ou algum tipo de conteúdo textual que se refira a algum tipo de ritual.

4. As cifras secretas do Manuscrito Voynich


Ele foi ilustrado, escrito em cifras e encontrado em uma escola jesuíta no ano de 1912. Algumas teorias apontam que o conteúdo do manuscrito fala sobre ensinamentos místicos e o elixir para a vida, enquanto que outras apontam que o documento exibe a história de um inglês chamado Roger Bacon.

Mas o fato é que vários tentativas para decifrar o manuscrito foram feitas e nenhum resultado foi positivo. A cifra de Bacon, como ficou conhecido, foi submetida a métodos como taquigrafia grega e, mesmo assim, o mistério de seu conteúdo não foi resolvido.

5. O segredo das cifras de Ricky McCormick


Imagine você ser jogado morto em um campo na região de Missouri e, dois anos depois de sua morte, é que foram surgir pistas sobre a morte. Ricky deixou duas notas cifradas em seus bolso e elas foram as únicas pistas que a polícia teve do paradeiro da morte do rapaz.

São 30 linhas de informação codificada que misturam traços, números e sinais. Segundo a família, o rapaz escrevia em cifras desde o período de sua infância. Nem mesmo os decifradores de códigos do FBI conseguiram achar o significado dessa cifra.

Fonte: listeverse

Nenhum comentário:

Postar um comentário