O hipnotizante processo de fabricação das batatas chips

10:20 | da Redação

O vídeo abaixo mostra o incrível processo para fazer uma batata chips. Se você pensa que são usadas batatas naturais cortadas bem fininhas, seu pensamento já começou errado! Na verdade, tudo começa com uma mistura de água, flocos de batata e amido de milho. Depois, essa massa é esticada, com uma pressão de até 4 toneladas, para ficar bem fina.


Na sequência, essa massa longa e homogênea passa por uma cortadeira, que dará a forma oval ao snack. Outra máquina é responsável por retirar o excesso de massa, deixando apenas as batatinhas seguirem para a fritura, que dura exatamente 11 segundos em óleo quente. Entretanto, antes disso, uma máquina deixa as batatas em seu formato côncavo tradicional, que permite que elas sejam empilhadas mais facilmente dentro da lata.

O excesso de óleo é retirado em esteiras que levam as batatas até uma parte em que elas são giradas e ficam mais juntinhas. Nessa parte do processo entra um funcionário que analisa as batatas em busca de imperfeições, antes de elas serem chacoalhadas para eliminação das migalhas. Na sequência, elas entram em sensores que calculam a quantidade exata que irá entrar em cada lata. E o mais legal: elas entram pelo fundo! O próximo processo é justamente selar a parte debaixo da embalagem.

Todo esse processo dura em torno de 20 minutos. E se você pensa que a lata (ou até mesmo os pacotes) vem cheia de ar, você está novamente enganado: na verdade, é usado nitrogênio, que deixam o lanche crocante por muito mais tempo. Claro que o ideal seria ter mais batatas e menos nitrogênio, mas essa é outra história...

Fonte: Science Channel

0 comentários:

Postar um comentário