Tatuagem do futuro poderá indicar problemas de saúde


Durante décadas, as tatuagens carregaram estigmas sociais e eram muito marginalizadas. Hoje em dia, isso já mudou bastante, com cada vez mais pessoas aderindo às pinturas corporais permanentes. No futuro, elas ainda poderão trazer uma grande utilidade: indicar mudanças no corpo que podem significar algum problema de saúde.

A proposta é de uma equipe de pesquisadores do Instituto de Tecnologia de Massachusetts, dos EUA. Eles estão desenvolvendo tintas com biossensores que poderiam modificar de cor caso seu corpo apresentasse alguma alteração. Por exemplo: mudanças no pH do sangue poderiam mudar a tattoo de roxo para rosa; já os níveis de glicose alterariam as cores de azul para marrom.


Biossensores poderiam detectar alterações de sódio, glicose e pH.

Essa seria uma verdadeira revolução na arte da tatuagem, que serviria também em prol da saúde. Muitas doenças possuem melhores tratamentos caso diagnosticadas com o máximo possível de antecedência, e essas tintas superinteligentes poderiam ajudar nesse cenário. Pacientes diabéticos, por exemplo, saberiam instantaneamente qualquer alteração na taxa de glicose sem a necessidade de fazer um autoexame.

O vídeo abaixo explica como o biossensor muda de cor e pode ajudar:



Fonte: My Modern Met

Nenhum comentário:

Postar um comentário