Wilfred Minter: o cara mais azarado da história do futebol

16:39 | da Redação

O futebol é um dos esportes que mais mexe com as emoções dos torcedores. Agora, já imaginou acompanhar uma partida com 15 gols? E o pior de tudo: ver o artilheiro que marcou praticamente metade deles sair derrotado. Essa história maluca aconteceu em 1922, na Copa da Inglaterra, e envolveu os times St. Albans City e Dulwich Hamlet.

A partida aconteceu no dia 22 de novembro de 1922 e foi iniciada às 15h. O Dulwich, de Londres, marcou o primeiro gol, mas não contava com um herói do time adversário: Wilfred Minter. O cara foi lá e virou o jogo, metendo logo 3 gols de uma só vez. Se acabasse por aí, ele já poderia pedir música para o “Fantástico” da época, mas o destino ainda seria cruel com o jogador.

O Dulwich consegui virar novamente a partida, mudando o placar para 5 a 3. Acontece que o St. Albans, que atualmente disputa a 6ª divisão do campeonato inglês, estava disputando a partida com um jogador no lugar do goleiro e precisava contar com o talento de sua única estrela para tentar não levar uma goleda.

Elenco do St. Albans entre 1922 e 1923.

E Wilfred não se fez de rogado. O cara, que em toda a sua trajetória no clube fez 356 gols em 362 partidas, estava inspirado naquele dia e queria pedir DUAS músicas no “Fantástico”. Para isso, ele foi lá e meteu mais 3 gols, novamente virando a partida para 6 a 5. A história poderia acabar por aí, mas o Dulwich empatou e levou o duelo para a prorrogação.

O jogo acontecia no estádio do Dulwich, que conseguiu mais uma virada no começo da prorrogação, obrigado Wilfred a lutar ainda mais! E não é que ele conseguiu? Empatou de novo, agora em 7 a 7, fazendo o St. Albans tentar segurar esse resultado até o final – caso acabasse assim no tempo extra, outro jogo seria necessário, mas desta vez na casa do St. Albans.

Mas não deu certo... No último minuto, o Dulwich sacramentou a derrota do St. Albans, em uma partida que colocaria Wilfred nos recordes mundiais como o jogador que mais fez gols em uma só partida sem com isso dar a vitória a seu time. Os 4 mil torcedores presentes, a maioria do Dulwich, presenciaram algo inétido e até hoje nunca superado. Ao menos eles também tiveram um artilheiro, já que um jogador chamado Davis fez a metade dos gols de seu time.

Fonte: TDIFH

Um comentário:

  1. http://www.maisfutebol.iol.pt/efemeride/rubrica/o-dia-em-que-peyroteo-marcou-nove-golos-num-jogo

    ResponderExcluir